Especial OVNI 15 anos – Uncharted 2: Among Thieves (2009)

A Ovni completa 15 anos na venda de jogos e consoles, muitos deles marcantes. E nós continuamos essa série de artigos com Uncharted 2: Among Thieves, lançado em 2009.

O ano é 2009 e este é o nosso sétimo artigo da série publicada em parceria com a Ovni Game Shop, que completa 15 anos no mercado de games e produtos geeks. A geração PS3/X360/Wii continua a todo vapor enquanto nos apresentava títulos como Street Fighter IV, Assassin’s Creed II (considerado por muitos o melhor da franquia), Batman: Arkham Asylum e o nosso jogo do dia – Uncharted 2: Among Thieves.

Mais do que qualquer outro jogo até à então, o Uncharted original, intitulado Drake’s Fortune parece definir o PlayStation 3. O romance de aventura, lançado em 2007 pela Naughty Dog e estrelado pelo singular Nathan Drake deu aos jogadores um gosto do que seria jogar como um Indiana Jones acrobata. Com visuais deslumbrantes (que ainda estão bem atuais), uma história narrada fantasticamente, ótimos enigmas e um tiroteio bem resolvido, era facilmente um dos melhores títulos daquela geração de consoles.

Uncharted 2: Among Thieves (2009)
A sequência de abertura de Uncharted 2, num trem na neve, está entre os momentos marcantes da geração PlayStation 3.

E então a Naughty Dog voltou aos holofotes com Uncharted 2: Among Thieves. O hype na época era enorme e valeu a pena esperar. A desenvolvedora realmente superou a primeira aventura de Nate e criou uma sequência que não é apenas maior e melhor em praticamente todos os aspectos, mas também possuía um componente multiplayer que era tão bom que poderia ter sido lançado separado e ainda assim teria uma fila de pessoas dispostas a comprar.

Tentando permanecer livre de spoilers o máximo possível, posso dizer que a história começa aproximadamente um ano depois dos eventos do primeiro jogo e começa com Nathan e alguns companheiros ladrões trabalhando para encontrar os tesouros perdidos da frota de Marco Polo. Claro, as coisas não são tão simples e o grupo acaba tendo uma aventura muito maior, que os leva a viajar, literalmente, meio mundo.

A narrativa magnífica se estende ao desenvolvimento do personagem, que foi apresentado com mais profundidade. Quase todo mundo no jogo que possui mais de duas linhas de diálogo têm um motivo interessante para fazer o que estão fazendo (embora a motivação do vilão principal seja a pior de todas). Além disso, a maneira como todos interagem uns com os outros é realista e interessante. Quase todos os personagens são imprevisíveis de alguma maneira, mas não de maneira forçada ou não natural.

Uncharted 2: Among Thieves (2009)
Não bastassem as centenas de inimigos que você encontra ao longo do jogo, você também enfrenta um helicóptero!

Uma coisa que possui grande destaque no jogo é fator stealth. Em Uncharted 2 este é um elemento muito mais proeminente e, na verdade, uma tática muito útil para se aproveitar de determinadas situações. Se um inimigo não te vê e você ataca ele, você executa uma abate silencioso. Embora você pudesse fazer coisas semelhantes no jogo original, a forma como foi implementado e a forma como as seções estavam configuradas permitiam que você fizesse um uso ainda melhor da camuflagem. Há alguns pontos no jogo em que você poderia abater cinco inimigos antes que os tiros começassem a ser trocados, o que melhora suas chances de sobrevivência. É bem possível evitar qualquer grande luta inteiramente se você conseguir limpar uma área de inimigos em silêncio, pois não haverá ninguém ao redor para chamar para reforços.

Outra grande característica da série são os puzzles. O primeiro título combina ação, escalada e resolução de quebra-cabeças de uma ótima forma e, embora seja apresentado de forma diferente desta vez, a Naughty Dog resolveu a equação perfeitamente de novo. Uncharted 2 possui menos quebra-cabeças desta vez, mas os que você se deparar são complicados e muito envolventes. Em vez colocar pequenos questionários interativos ao longo do jogo, você chegará em espaços exclusivos para resolvê-los, muitos dos quais também são enigmas multi-etapas. Assim como no original você possuía o diário de Sir Francis Drake, agora Nate mantém o seu próprio diário, que você pode folhear livremente para buscar pistas.

Uncharted 2: Among Thieves (2009)
A jogabilidade de Uncharted 2 e os saltos e acrobacias de Nathan Drake tornavam o jogo especialmente divertido de se jogar.

É impossível falar sobre Uncharted 2 sem mencionar os seus efeitos visuais. Há algumas cenas em que você vai jogar e que fará o seu queixo cair no chão. O mundo está cheio de detalhes que não fazem nada para a jogabilidade, mas fazem muito para atraí-lo para o mundo e fazer com que você se sinta como este é um lugar real. Os detalhes das texturas eram surpreendentes, a quantidade de coisas aleatórias acontecendo em todos os lugares era incompreensível no melhor sentido, a iluminação era uma das melhores que já vimos até aquele ano e a direção geral da arte é fenomenal. E, claro, não me esqueça de mencionar a animação incrível, explosões assassinas e praticamente todos os outros pixels na tela. Uncharted 2 trouxe o que chamamos, na época, de uma experiência cinematográfica nos vídeo games. O nosso jogo de 2009.


Transparência: Esse conteúdo é patrocinado pela Ovni Game Shop.


Assista abaixo um gameplay de Uncharted 2: Among Thieves